Moro na República Tcheca há 8 anos e já viajei muito por aqui – sozinha em grande parte das vezes. A República Tcheca é um país pequeno, seguro, com um excelente sistema de transporte público e com vários lugares interessantes para conhecer, o que faz do país um excelente destino para viajantes solo.

Sozinha em Praga

Normalmente, toda viagem pela República Tcheca começa por Praga, a capital do país. A cidade é linda e segura, um lugar ideal para começar a viagem e começar a se habituar com a cultura do país. Há diversos museus, uma arquitetura impressionante, grandes parques urbanos e muitos lugares de importância histórica. Há também uma vida noturna bem agitada, frequentada por locais e também por muitos turistas, pois Praga é uma cidade bem turística.

Para se locomover pela cidade, use bastante o transporte público, pois ele é excelente e muito pontual. É possível comprar um bilhete individual ou até passes de 24, 48 e 72 horas. Os bilhetes são vendidos nas próprias estações de metrô e em algumas paradas de ônibus e bonde. Outra maneira que eu recomendo bastante é caminhar – a maioria dos pontos turísticos da cidade ficam próximos uns dos outros e caminhando a gente sempre acaba conhecendo mais dos lugares.

Vale a pena ir além de Praga?

Sim, com certeza! Depois de conhecer Praga, é hora de explorar outros lugares do país, que tem muito a oferecer, desde castelos e cidades históricas a parques naturais, montanhas e locais cercados pela natureza.

Para se locomover pelo país, você pode usar:

  • Ônibus

A empresa Student Agency é uma empresa tcheca muito boa, que oferece viagens às principais cidades do país com preços baixos e com um ótimo serviço. Flixbus e outras empresas menores locais também oferecem o trajeto às outras cidades. É possível comprar a passagem pela internet ou na própria rodoviária de Praga, chamada de Autobusové nádraží Florenc – para chegar até lá, basta pegar o metrô da linha B ou C até a estação “Florenc”. A rodoviária fica logo na saída da estação.

  • Trens

Viajar de trem é outra boa opção para viajar pela República Tcheca. Todos os trens saindo de Praga saem da estação central de trens, chamada de Hlavní Nádraží e para chegar até lá, basta pegar o metrô da linha C e descer na estação “Hlavní Nádraží”, a estação do metrô está dentro da estação de trens.

  • App de carona

A terceira opção é usar um app de carona, como por exemplo, o BlablaCar. É uma opção bem comum por aqui, mas leve em consideração que a viagem pode ser cancelada de última hora e acabar atrapalhando o resto da sua viagem.

E para onde ir?

Para quem vem pela primeira vez, eu recomendo as cidades e lugares mais turísticos, pois eles oferecem mais estrutura, são mais acessíveis em relação ao transporte e estão mais preparados para receber os viajantes – é bom falar que nos lugares menores e mais afastados há pouquíssimas pessoas que falam outro idioma além do tcheco, o que pode dificultar um pouco a sua estadia.

Praga, Castelo de Karlštejn, Terezín, Kutná Hora e Český Krumlov são os lugares que eu recomendo para começar a explorar o país. Eles vão ajudar a entender e a conhecer um pouco mais da cultura e da história tcheca e abrir as portas para uma próxima viagem mais a fundo pelo país.

Imagem: Pexels

Faça um comentário