Morar fora do Brasil é o sonho de várias mulheres, mas sempre surgem diversas dúvidas como qual local escolher, como se legalizar naquele país, ir a trabalho ou estudo etc. Sabemos que muitas vezes o visto de estudante é uma das melhores portas para entrar legalmente em um país, mas vale a pena sair do Brasil para realizar uma pós-graduação no exterior?

Primeiro tenha em mente que esse processo muitas vezes não é rápido. Qualquer mudança deve ser minimamente planejada e isto leva tempo, dedicação e investimento financeiro. Reserve um tempo no seu dia a dia para pesquisar e adquirir o máximo possível de informação! Além disso, junte dinheiro, pois planejamento financeiro é indispensável.

Por onde devo começar?

Sugerimos que você aponte quais países ou país você deseja viver; faça uma pesquisa ampla, sobre a cultura, mercado de trabalho, salário mínimo, custo de vida, por quais vias se consegue estar legalizado, quais universidades recebem candidaturas de estrangeiros.

É importante recolher o máximo de informações possíveis. Encontrou seu destino?! É hora de escolher qual curso melhor se encaixa em suas expectativas e currículo. Faça uma lista com os cursos que você gostou e pesquise como é o processo de candidatura naquelas instituições.

Para as pessoas que gostariam de ter uma pós no exterior, mas não podem se mudar definitivamente do país, seja pelo trabalho ou por outras motivações, existem também opções semipresenciais na qual você viaja para o outro país somente algumas vezes durante o ano letivo. Uma ótima alternativa, não é?!

Outra dica é entrar em contato com as universidades. Não tenha medo. O site daquela universidade não traz todas as informações que você necessita? Mande um e-mail para o coordenador do curso. Em geral as instituições são bastante solícitas para com os alunos estrangeiros.

O processo de candidatura

É necessário saber que o processo de candidatura difere de universidade para universidade, por isso leia atentamente o edital de candidatura de cada curso que você escolheu, mas em geral, cada instituição tem um período de inscrição no qual a candidata deve protocolar os documentos necessários, tais como diploma de graduação, curriculum, carta de motivação, carta de recomendação e certificado de proficiência linguística. Existe também uma taxa de candidatura e esta normalmente não é reembolsável, por isso se dedique ao máximo para protocolar uma boa proposta de candidatura.

Qual o retorno de ter uma pós no exterior?

Conhecimento é algo que ninguém nos tira! Estar em contato com culturas diferentes mudam e expandem nossa maneira de ver o mundo, de certo que você não será mais a mesma. Além disso, uma pós-graduação no exterior é extremamente conceituada para o teu currículo.

Caso pretenda voltar ao Brasil, muitas portas serão abertas, pois o mercado de trabalho valoriza experiências “diferencializadas”. Todavia, se sua intenção é mudar definitivamente para aquele local, no período da pós você poderá fazer o seu network e abrir portas naquele país. Não tenha medo! Com muita pesquisa, planejamento e coragem, tenho certeza que sua experiência será inesquecível!

 

Faça um comentário