O livro Bravas Viajantes – Histórias de sete mulheres se aventurando sozinhas por sete cantos do mundo, da editora O Viajante, reúne relatos de viagem inspiradores, de sete mulheres brasileiras, que viajaram sozinhas por diferentes partes do mundo e por diferentes razões.

Cada viajante se aventurou por lugares ainda desconhecidos por elas: Samantha Chuva viajou pela Chapada Diamantina, no estado brasileiro da Bahia, e se aventurou durante alguns dias pela natureza, fazendo trilhas, visitando cachoeiras, conhecendo pessoas novas e descobrindo mais sobre o seu próprio corpo.

Gabi Raposo embarcou numa viagem à Argentina e seguiu sozinha até a Patagônia de ônibus, enfrentando seus medos e inseguranças por estar sozinha em uma viagem tão longa. Danieli Haloten viajou diversas vezes sozinha a Nova York para buscar e treinar o seu cão-guia e relata como é fazer uma viagem sendo deficiente visual, através das suas vivências positivas, dificuldades enfrentadas e a sua maneira de viajar.

Louise Palma foi estudar na Espanha e durante o período que esteve por lá, resolveu pegar carona e dormir em sofás de desconhecidos para assistir aos shows de seus ídolos na Alemanha. Gabriella Morena fez uma viagem solo pelo Sudeste Asiático e descobriu novas culturas e diferentes estilos de vida de mulheres pelos países por onde passou, tendo encontros inspiradores e inesquecíveis.

Priscilla Cassioli de Moraes realizou o sonho de fazer um intercâmbio na Austrália e conta sobre os trabalhos que teve por lá para se manter e viajar pelo país. Tamy Rosele Penz embarcou numa aventura pelo continente africano e viveu experiências incríveis nos países que visitou, conhecendo regiões e culturas ainda pouco conhecidas pela maioria das viajantes.

Sobre o livro…

Todos os relatos contam histórias de superação, empoderamento, união feminina, determinação e autoconhecimento – lições que às vezes só as viagens são capazes de nos ensinar e acabam sendo um aprendizado que levamos para a vida inteira.

As experiências vividas por cada uma dessas sete mulheres são únicas e cada uma escreveu sobre sua viagem a sua maneira, no seu ritmo e com uma riqueza de detalhes que faz com que a nossa imaginação viaje junto com elas para cada canto do mundo.

Além disso, são abordados temas muito relevantes quando o assunto é mulheres que viajam sozinhas: os preconceitos que enfrentamos mundo afora, os julgamentos pelos quais passamos, os padrões de gênero, os nossos medos e a nossas inseguranças, tantas vezes presentes em nossos dias.

O livro todo é uma grande inspiração para mulheres (e homens também), um convite e um grande incentivo para perder o medo, superar nossos limites e finalmente realizar aquele sonho antigo de viagem para o lugar que mais desejamos conhecer, com a melhor companhia que temos nesta vida: nós mesmas.

Saiba onde comprar:
Bravas Viajantes. Histórias de Sete Mulheres Se Aventurando Sozinhas por Sete Cantos do Mundo

Faça um comentário