As mamães sabem que viajar é uma ótima maneira de reunir a família e conhecer novos lugares. No entanto, quando o passeio envolve crianças, a situação é um pouco desafiadora. Isso porque a alimentação dos pequenos é um dos fatores mais preocupantes para os pais. Afinal, quando se está viajando não podemos ter certeza da procedência dos alimentos.

Sendo assim, para facilitar a viagem e garantir a diversão da família, uma boa opção é levar kits com papinhas e sobremesas. A empresa Gourmetzinho, por exemplo, oferece kits de alimentação para crianças. Os kits são 100% naturais e sem conservantes, elaborados pelo Chef Amilcar Azevedo e equipe de nutrição. São refeições gourmet completas, com snacks e bebidas nutritivas.

Afinal, como levar os kits na viagem?

A fica é levar bolsas térmicas em três tamanhos e capazes de manter os produtos resfriados por até 24 horas, ou seja, até mesmo as viagens internacionais estão garantidas.

Viajar com tranquilidade: saiba como montar uma bolsa de alimentação para crianças

A empresa oferece dois tipos de kits. O Kit Prático Fase 1 é indicado para bebês a partir de 6 meses. As papinhas têm consistência de purê e não contêm sal. As sobremesas são combinações de frutas e não levam açúcar e cada unidade possui 145g. O kit é composto por:

  • 02 papinhas de peito de frango, feijão branco e espinafre;
  • 02 papinhas de músculo bovino, abóbora e feijão azuki;
  • 02 papinhas de miolo de alcatra, mandioca e agrião;
  • 02 papinhas de entrecote, batata yacon e lentilha vermelha;
  • 01 papinha de banana com laranja;
  • 01 papinha de pera com ameixa;
  • 01 papinha de doce de abóbora com água de coco e damasco.

Kit Prático Fase 2 é recomendado para bebês acima de 9 meses. As papinhas agora têm pedacinhos irregulares para estimular a mastigação e cada unidade possui 250g. O kit é composto por:

  • 02 papinhas de peito de frango, milho verde e alho poró;
  • 02 papinhas de músculo, mandioquinha e lentilha;
  • 02 papinhas de ossobuco, feijão fradinho e agrião;
  • 02 papinhas de cordeiro, batata doce e escarola.

Curtiu as dicas para viajar sem descuidar da alimentação das crianças? Compartilhe este textos em suas redes sociais.

Fonte: release / assessoria de imprensa

Faça um comentário