Visita ao Templo Budista de Foz do Iguaçu

Nathalia Marques, no Templo Budista. (Imagem: Alejandro Maslow/ Maslow Producciones)

Visitar o Templo Budista, de Foz do Iguaçu, foi uma experiência fantástica. Nunca conheci a Índia, país originário da filosofia, ou a Tailândia,  onde há maior prevalência de seguidores, mas por tudo o que já ouvi, senti que ali estava um pedacinho desses países.

Tive a sorte de conhecer o Templo em um lindo dia de sol e isso favoreceu muito o passeio. O local conta com uma harmoniosa conexão entre a natureza, o silêncio e as estátuas. Quem gosta de meditar, certamente, encontrará um espaço ao ar livre maravilhoso para isso.

No entanto, quem não é muito familiarizado com a prática também irá gostar do ambiente. Caminhar em silêncio pelo local e observar as mais de 120 estátuas pode ser um passeio interessante, pois a paz que isso passa não tem como descrever.

Curiosidades sobre o Templo Budista

No decorrer da visita, você irá se deparar com uma vista única do centro de Foz do Iguaçu e parte da Ciudad del Este, no Paraguay. Tive a oportunidade de passar uns bons minutos observando o contraste entre às cidades e o Templo. Olhando para frente, eu via aquele mar de prédios. Olhando para trás, um lugar tranquilo e com lindos jardins. Confesso que o momento me fez refletir sobre a qualidade de vida que temos nas grandes cidades.

Mas isso não é assunto para este texto. Voltando ao passeio. Caminhando pelo local, também podemos ser privilegiadas com a arquitetura do Santuário Ksitigarbha – que é muito bonita. Lá dentro não é possível tirar foto, pois não é permitido.

Mas algo bem legal, além da vista, é que você pode comprar um cartão e um vela para fazer um agradecimento ou um pedido e deixar ali com toda sua gratidão ou esperança. Outra curiosidade é que no Templo há uma loja de souvenirs, onde é possível adquirir diversos itens para levar de lembrança para casa.

Minha visita durou cerca de duas horas. Acredito que esse é o tempo necessário para aproveitar minimamente o local. No entanto, se você tiver mais tempo, aproveite para ficar algumas horas absorvendo a paz do ambiente, pois vale muito a pena.

O que você precisa saber para conhecer o local

Horário e tarifa: A entrada é gratuita. O templo fica aberto para visitações de terça a domingo das 9h20 às 16h30.

Regras: Para entrar é necessário usar vestuários adequados. Ali não é permitido fumar no local, subir nas plataformas e entrar com animais, bicicleta e moto.

Endereço: Rua Dr. Josivalter Vila Nova, 99 – Foz do Iguaçu/PR

Faça um comentário
Sou jornalista de formação e conto com passagens por diversos veículos de imprensa. No entanto, foi como repórter de turismo que encontrei minha paixão. Sou feminista e em 2015 decidi juntar jornalismo, viagem e empoderamento feminino para criar o portal M pelo Mundo.

Aviso

A reprodução total ou parcial do conteúdo publicado no M pelo Mundo, sem a autorização do site, é proibida pela Lei nº 9.610, de 19 de fevereiro de 1998.