Turistando em Brasília [I] – Jardim Botânico

Jardim Botânico de Brasília. Imagem: Danielle Klier / acervo pessoal

Uma vez que começamos a viajar por aí fica praticamente impossível parar. Sentimos a necessidade de ir a algum lugar, nem que seja passar um fim de semana na cidade vizinha. Então, quando a grana ou o tempo estão curtos, precisamos ser criativas para termos aquela sensação gostosa de descoberta que as viagens nos proporcionam.

Há umas semanas resolvi que não aguentava mais ficar em casa, então esperei chegar o feriado do dia 15 de novembro, peguei um ônibus e, em 5 minutos, cheguei ao Jardim Botânico de Brasília. Sim, ele fica a apenas 5 minutos da minha casa e eu não o visitava há pelo menos uns 4 anos! A entrada custa cinco reais a partir das 8h50 da manhã, mas antes disso ela é gratuita (e aberta apenas para pedestres e ciclistas).

Visitando o Jardim Botânico de Brasília

Assim que entrei, senti que meu dia valeria a pena. Fui descendo pela rua principal, que desde o início já é cercada de vegetação nativa do cerrado e depois de uns 10 minutos cheguei ao centro de visitantes. Lá tem parquinhos para as crianças brincarem, banheiros, mesinhas e um centro de informações.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Continuei minha descida em meio às trilhas que há no parque (algumas são cimentadas, outras de terra) e cheguei à área de piquenique. Lá, há grandes mesas de madeira, baixas, com toalhas quadriculadas já para dar um clima. Estavam todas lotadas de famílias.

Em frente às mesas há um restaurante que vende café da manhã, lanches e almoço. O preço é meio elevado, mas comi um sanduíche muito gostoso com presunto, queijo e tomate e bebi um mocca. Saiu por 20 reais. Pensei em comprar um picolé, mas achei muito caro (por volta de 7 reais), e então vi que perto da entrada da área de piquenique havia uma barraquinha vendendo casquinhas a 3 reais. Fica a dica!

Depois de dar uma volta inteira pelo parque, visitar o lindo jardim japonês e fazer algumas trilhas curtas, resolvi estender uma toalha sob os pinheiros e descansar um pouco. Foi muito agradável observar as crianças brincando e o céu azul, na maior tranquilidade.

Nem por um momento lembrei que eu estava a apenas 5 minutos de casa! Me senti uma turista em minha própria cidade. Depois de passar 4h no parque, senti que era hora de ir para casa. Há uma parada de ônibus bem em frente à entrada.

Recomendo muito uma visita ao Jardim Botânico de Brasília, seja você turista ou morador. É enorme, muito bonito, e com certeza um passeio super agradável para se fazer sozinho ou em família.

 

Faça um comentário
Brasiliense, professora de inglês, fotógrafa e escritora nas horas vagas. Amante das artes, da natureza e de tatuagens. Atendeu ao chamado desse mundão em 2017 descobriu nisso um novo propósito de vida.

Leia também:

Aviso

A reprodução total ou parcial do conteúdo publicado no M pelo Mundo, sem a autorização do site, é proibida pela Lei nº 9.610, de 19 de fevereiro de 1998.