Equipe

O M pelo Mundo respeita a singularidade de toda mulher e acredita que todas merecem ter voz na sociedade. Por isso, sua equipe é formada por diferentes mulheres, cada uma com sua bagagem e vivência. 

Nathalia Marques  Resultado de imagem para logo facebookImagem relacionadaResultado de imagem para icone instagram

“Sou jornalista de formação e conto com passagens por diversos veículos de comunicação. No entanto, foi como repórter de turismo que encontrei minha paixão. Sou feminista e em 2015 decidi juntar jornalismo, viagem e empoderamento feminino para criar o M pelo Mundo”.  


 Camila Botelho  Resultado de imagem para logo facebook

“Casada, publicitária e fotógrafa por formação, embora não exerça nenhuma das duas profissões. Trabalhei  por anos em um banco, mas decidi que meu lugar é na estrada, pelo mundo e não em um escritório, onde não via nem a luz do sol. Viajo com meu marido, meu maior companheiro de aventuras e estamos juntos há treze anos”.


Natasha de Pina

Resultado de imagem para logo facebook

“Carioca curiosa, minha paixão pelas letras veio da impossibilidade de se conhecer o mundo todo em somente uma vida. Se não posso ver tudo fisicamente, que o faça pelos livros também. Minha vida é escrever e viajar. Não necessariamente nessa ordem”.

 


Tati Vaz

Resultado de imagem para logo facebook

“Designer, 30 anos, caipira, vegetariana, feminista, apaixonada por fotografia analógica e especialista em viajar com pouco dinheiro. “

 


Thaís Carneiro

Resultado de imagem para logo facebookImagem relacionada

“Historiadora. Uma feminista que ama viajar e busca encorajar mulheres a fazerem o mesmo. Criadora do projeto Mulheres Viajantes que visa o empoderamento feminino através da publicação semanal de relatos de mulheres que viajam sozinhas e/ou entre amigas e do Mulheres Viajantes vai às ruas, que propõe o encontro destas mulheres para discutir questões caras às mesmas”.


Vitória Kataryne

Resultado de imagem para logo facebook

“Oi, eu sou a Vitória, a caçula do grupo. Feminista, geminiana, apaixonada por viagens, fotografia, culinária e café. Adoro ouvir histórias, conhecer novas pessoas e culturas. Estou sempre buscando coisas novas, seja um lugar, uma notícia ou receita”.

 


Fabiana Araújo 

Resultado de imagem para logo facebook

“Escritora e viajante apaixonada. Feminista, adora incentivar outras mulheres a viajarem sozinhas”.

 

 


Larissa Tasnadi

Resultado de imagem para logo facebookImagem relacionada

“Oficial da Marinha Mercante que resolveu morar num país que não tem (mais) mar. Das 9 às 17 tenho um emprego normal, mas no meu tempo livre sou corredora, dou uma de fotógrafa e escrevo no Meu Roteiro de Budapeste”.

 


Ana Manuela Borges

Resultado de imagem para logo facebook

“Baiana, 25 Anos. Apaixonada pelo (auto) conhecimento do “démodé” à “novidade”. Amante das artes, da cultura, da natureza e das coisas simples.”

 

 


Danielle Klier

Resultado de imagem para logo facebookImagem relacionada

“Brasiliense, professora de inglês, fotógrafa e escritora nas horas vagas. Amante das artes,da natureza e de tatuagens,atendeu ao chamado desse mundão em 2017 e descobriu nisso um novo propósito de vida. “


Raíssa Albuquerque

Resultado de imagem para logo facebook

“23 anos, virginiana, mas bagunceira, formada em Relações Internacionais, feminista e apaixonada por literatura e divas pop. Ver e mostrar o mundo é o que me inspira”.

 


Estela Alves

Resultado de imagem para logo facebook
Imagem relacionadaResultado de imagem para icone instagram

“Arquiteta, bailarina, nadadora amadora, professora de francês e youtuber.  Criadora do canal no Youtube “Estela Viaja” que conta com enfoque em viagens low cost e mulheres que viajam sozinha visando incentivar, facilitar e dar dicas para mulheres que querem cair na estrada.”


Bruna Fante 

Resultado de imagem para logo facebook

“Desde que descobriu o significado de ser sagitariana nunca deixou de citar essa informação astrológica ao se descrever, pelo simples fato de nela caberem duas palavras que tanto dizem sobre sua alma: liberdade e viagem. Recentemente, atravessou quase meio país até o centro da América Latina para (tentar) passar adiante, através da educação, seu ofício de formação e de paixão: as Letras. Agora, tenta se equilibrar na corda bamba que unem os desafios da sua rotina profissional e o seu propósito: deixar um pouco de si e levar um pouco de cada canto deste vasto mundo”.

Faça um comentário