Recado para quem vai viajar para esquecer os problemas: isso não é a solução!

Imagem: Pexels

Ao longo dos últimos anos, tenho viajado muito. Já fiz viagens totalmente em paz com o mundo e comigo. Contudo, também já fiz trips com muitos problemas que ficaram na minha cidade (esperando resoluções). Durante todas as minhas jornadas, o que eu aprendi é que viajar para esquecer os problemas é um engano que muitas pessoas cometem.

Certamente, alguém lendo isso pode acabar pensando – “mas nossa, fulano viajou e voltou bem!”. Ótimo, que bom para fulano. No entanto, posso dizer que a maioria dos casos não terminam em final feliz. Talvez viajar para esquecer os problemas faça exatamente isso: a pessoa esquece dos problemas por algum tempo, mas quando volta – não tem outra alternativa – tem que resolve-los.

Nem preciso comentar também que você deve esquecer todos os filmes que assistiu e que tinham essa narrativa de viajar para superar os problemas. SÃO APENAS FICÇÕES! Escuta o que estou dizendo – viajar para esquecer os problemas não é a solução.

Se você está em uma época turbulada e cheia de pepinos – tente resolver antes de viajar. Por quê? Bom, porque viajar deve ser um momento de tranquilidade, onde você deve aproveitar para ficar em paz, com sua mente no presente.

Quando viajamos com um monte de problema para resolver e fazendo isso para tentar amenizar a situação, acabamos percebendo que a trip não foi exatamente como deveria ser. Não é raro ver pessoas que fizeram isso e voltaram extremamente decepcionadas. Isso acontece, pois os problemas sempre vão nos acompanhar indecentemente do território que estamos.

Se quer que sua viagem seja leve, entregue-se

Outra coisa que aprendi nas minhas trips é que uma viagem inesquecível é aquele que estamos totalmente entregues ao momento presente. Não adiante viajar e ficar pensando 24 horas nas coisas que você tem que resolver. No fim, você só irá gastar dinheiro para ficar preocupada e se remoendo em outro lugar.

Por isso, recomendo que você se entregue em sua viagem para que ela possa te proporcionar bons momento. Para isso, não faça uma viagem querendo fugir dos problemas. Resolva eles antes e depois siga para o seu destino com a mente limpa e o coração aberto.

Faça um comentário
Sou jornalista de formação e conto com passagens por diversos veículos de imprensa. No entanto, foi como repórter de turismo que encontrei minha paixão. Sou feminista e em 2015 decidi juntar jornalismo, viagem e empoderamento feminino para criar o portal M pelo Mundo.

Aviso

A reprodução total ou parcial do conteúdo publicado no M pelo Mundo, sem a autorização do site, é proibida pela Lei nº 9.610, de 19 de fevereiro de 1998.