Quando conheci uma região do Chile que mudou minha forma de ver a vida

Foto: Victória Bravo

Antes de começar esta viagem já tinha ideia de que estes trinta dias longe de casa iriam mudar muito quem eu sou. No entanto, não imaginava a intensidade disso. Eu e Victoria Bravo, amiga e colaboradora do M pelo Mundo, estamos há alguns dias em Noviciado, uma região de campo localizada na parte metropolitana de Santiago do Chile.

Quando cheguei a essa região a primeira coisa que me encantou foi a humildade e alegria das pessoas que por aqui vivem. Depois fui surpreendida pela beleza do campo. Aqui o ar é puro e por todo lado há montanhas que se destacam com o verde das plantas e com o azul do céu.

Além de lindas paisagens, Noviciado é privilegiada por manter um ritmo de vida calmo e tranquilo. Essa tranquilidade no início foi muito difícil para mim, pois estou acostumada com o ritmo frenético da cidade.

No entanto, por ser uma pessoa que gosta de conhecer novas experiencias resolvi que iria me tranquilizar. Foi entrando no ritmo dessa pequena região que me dei conta de como as pessoas das grandes cidades, como São Paulo, não estão realmente vivendo o que a vida pode oferecer de mais mais bela e simples. Sobrevivemos num lugar que tira toda nossa energia, que nos faz cada vez mais individualista e estressados.

Em Noviciado tive a oportunidade de conhecer uma forma mais tranquila de viver a vida e isso para mim foi transformador. Aqui tive a chance de fazer coisas simples como andar a cavalo e presenciar a beleza da natureza como ver uma estrela cadente pela primeira vez. São coisas que me fez perceber a importancia de dar valor aos momentos mais simples da vida.

Outra coisa que me encantou na regão é sua forte cultura de campo. De tempos em tempos acontece uma festa típica conhecida como Guassa que é realizada por pessoas de campo que se caracterizam e realizam competição a cavalo.

Tive a chance de conhecer a festa e foi muito bacana ter contato com a cultura do campo que me proporcionou muita cerveja, dança e boas conversas. O tempo em Noviciado me fez perceber muitas coisas sobre mim mesma e sobre a vida. Coisa que talvez eu nunca teria notado se não tivesse a grande oportunidade de conhecer esse lugar maravilhoso.

Foto: Victória Bravo

Faça um comentário
Sou jornalista de formação e conto com passagens por diversos veículos de imprensa. No entanto, foi como repórter de turismo que encontrei minha paixão. Sou feminista e em 2015 decidi juntar jornalismo, viagem e empoderamento feminino para criar o portal M pelo Mundo.

Leia também:

Aviso

A reprodução total ou parcial do conteúdo publicado no M pelo Mundo, sem a autorização do site, é proibida pela Lei nº 9.610, de 19 de fevereiro de 1998.