Eu e meu marido largamos tudo e fomos viajar

Desde nossa primeira grande viagem juntos, em 2010, eu e meu marido (na época meu namorado) queríamos rodar o mundo viajando. Em 2011 nos casamos e abrimos nossa casa para viajantes por meio do couchsurfing. A partir de então a vontade de viajar para conhecer o mundo só aumentou.

Todo ano, durante nossos 30 dias de férias, colocávamos nossas mochilas nas costas e os pés na estrada, seja de carro, avião, carona, ônibus ou moto. Conhecemos muitos lugares e muitas pessoas, mas não era aquilo que queríamos. Nossa vontade era poder ter muito mais que 30 dias para poder conhecer lugares novos e realmente viver cada cultura por onde passávamos.

Então começamos a planejar. Primeiro montamos um esquema para poder guardar dinheiro, coisa que sempre fizemos, mas sempre com a finalidade de viajar nas férias. Nossos amigos e família sempre souberam dessa nossa vontade, mas não acreditavam muito que teríamos coragem de colocar o plano de viajar em prática.

Em 2015, já cansados da vida corporativa, pois ambos tínhamos uma carreira já bem sólida e estável em um banco privado, e  também já cansados da sociedade padrão, resolvemos deixar alugado nosso apartamento que era grande e perto de nossos pais para morarmos num apartamento com metade do tamanho, mas que ficava bem no centro da cidade. Começou aí nosso processo de desapego.

Eu, ele, nossas mochilas e um mundo para conhecer!

Só depois dessa primeira mudança que nos demos conta que tínhamos muito mais coisas do que realmente precisávamos. Depois de um ano de planejamento, desapego de coisas materiais e muita economia decidimos que era a hora de partir.

Pegamos um mês de férias do serviço e, nesse tempo, descobrimos que era aquela a hora de mudar e viver nosso sonho. Voltamos de férias, conversamos com nossos superiores e depois de dois meses estávamos com nossa demissão assinada. Doamos nossas coisas, guardamos algumas outras na casa de nossos pais e hoje nossa casa é nossa mochila. Loucura? Talvez…

E aqui estamos, conhecendo tudo aquilo que temos vontade, experimentando novas coisas, conhecendo novas culturas e fazendo muitos amigos.

Na estrada nos mantemos fazendo voluntariado, conhecendo amigos pelo couchsurfing e em hostels. Montando nossa barraca em lugares lindos e paradisíacos e assim estamos seguindo, há 4 meses, no estilo de vida que tanto sonhamos e planejamos.

Faça um comentário
Camila Botelho
Sou Camila, tenho 28 anos, casada, publicitária e fotógrafa por formação, embora não exerça nenhuma das duas profissões. Trabalhei por oito anos em um banco privado mas decidi que meu lugar é na estrada, pelo mundo e não em um escritório, onde eu não conseguia nem ver a luz do sol. Viajo com meu marido, meu maior companheiro de aventuras e estamos juntos há treze anos.

Leia também:

Aviso

A reprodução total ou parcial do conteúdo publicado no M pelo Mundo, sem a autorização do site, é proibida pela Lei nº 9.610, de 19 de fevereiro de 1998.

6 Comments

  1. Camilinha e Nilo !
    Acredito que a coragem de vocês é o sonho de muitos, porém, só alguns conseguem realizar devido ao apego e as limitações das coisas “materiais”. Acredito que se bem “administrado” é possível, vocês fizeram um bom “planejamento” e vejo que estão conseguindo. Beijos do Tio e que Deus os acompanhe nesta jornada.

  2. Parabéns pela ousadia!!! Realizar sonhos não é para qualquer pessoa!!!
    Coragem e determinação é o que vocês mostram!!!
    Estou encantada!!!
    Super beijo e espero vocês no Fantástico hahaha!!! 😍😍😍😘😘

Comments are closed.