Conheça sete destinos para viajar sozinha recomendados por mulheres

Imagem: Tara Urso / Unsplash

Quando decidimos viajar sozinha é muito comum ficar na dúvida sobre qual é o melhor destino. Pensando em ajudar as mulheres que estão na fase de escolher uma região para cair no mundo, decidimos recorrer as nossas leitoras.

Desta forma, publicamos em nosso grupo no Facebook, “Minas Viajantes”, um post perguntando quais os destinos mais recomendados. E como retorno obtivemos sete destinos tanto nacionais quanto internacionais. Quer saber quais são os queridinhos das nossas leitoras? Então, vem com a gente!

Buenos Aires, Argentina

Imagem: Buenos Aires/ Nathalia Marques

Buenos Aires está em primeiro lugar na lista dos destinos mais queridos. Duas das nossas leitoras recomendaram a cidade. A Thaís Carneiro, colaboradora do M pelo Mundo, já esteve quatro vezes em Buenos Aires e super recomenda para outras mulheres. “Acredito que é fácil para a gente se locomover e se localizar por lá. Não sofri assédio por lá e me sentia, de certa forma, segura.”, comentou.

A nossa leitora Rafaela Ely, que está há 60 dias viajando, também recomendou a cidade. “Bs As, por incrível que pareça. Voltei a pé, uns 40 minutos de caminhada, de Puerto Madero a San Telmo depois da meia noite e não fiquei com medo (um pouco apreensiva, sim, medo não)”, explicou.

Florianópolis, Santa Catarina

Imagem: Florianópolis / Pexels

Floripa também foi muito bem recomendada pela mulherada. A nossa colaboradora Fabiana Araújo comentou que a cidade é linda. “Eu acho perfeita porque tem muita opção de lazer e considero a cidade segura. Tipo, você volta de bike na madrugada sozinha da balada”.

A nossa leitora Gisa Faes também não hesitou em recomendar Floripa. “Além do lugar ser maravilhoso, tem muitas opções de lazer, tanto de dia quanto de noite. Praia e cidade grande, sossego e agito. Impossível não fazer novas amizades com pessoas de várias partes do mundo, especialmente se você ficar em um hostel. Recomendo muito!”, disse.

Ilha grande, Rio de Janeiro

Imagem: Ilha grande / divulgação

Juliana Bonadio que morou alguns meses em Ilha Grande comentou que o destino é super seguro e ótimo para quem gosta de conexão com a natureza. “Não tem carros o que para mim conta 1000 pontos. É tudo bastante pequeno/próximo. Me sentia segura em ir nas praias à noite, passava as noites tranquila. Você acaba conhecendo todo mundo e tem várias comidas do mar barateza :D. As trilhas são maravilhosas, (são longas, mas dá pra fazer sozinha sim) e a conexão com a natureza é bastante intensa! (Recomendo pra quem for, focar nos lugares mais distantes da vila do Abraão, que é o ‘centro comercial/social’ da ilha e fica mais crowd turístico)”, explicou.

 

Seattle, Estados Unidos

Imagem: Seattle, Estados Unidos/ Divulgação

A cidade cenário da série Grey´s Anatomy também foi recomendada. Patrícia Almeida conheceu Seattle este ano e recomenda. “Fui pra Seattle -EUA esse ano, sozinha, não fiquei o tempo todo sozinha, mas fui sozinha e dei uns rolês “forever alone”. Enquanto estava sozinha me senti um pouco apreensiva, mas logo que realmente precisei me comunicar com as pessoas já me senti segura e tranquila, em todos os lugares que estive, tive a sorte de encontrar pessoas de bom humor e prestativas sempre”, comentou.

Grécia

Imagem: Santorini, Grécia / Pixabay

Para Amanda Monteiro o destino perfeito para viajar sozinha é a Grécia. Ela comentou que, além de ser um país seguro, a Grécia conta com um povo receptivo e paisagens lindas. “Adoro falar sobre esse país que conheci numa viagem solo”, disse.

 Florença, Itália

Imagem: Florença/ Pixabay

 Apesar de ter sofrido um episódio de assédio, Júlia Colussu recomenda o destino. “Sofri um episódio de assédio, mas no geral me senti muito segura e cuidada. Ótimas opções de lazer e dá pra ir pra várias cidades próximas”, explicou.

Suíça 

Imagem: Suíça, Titlis/ Pixabay

Sim, sim, a querida Suíça entrou na lista e foi recomenda pela nossa colaboradora Danielle Klier. “Educação de outro nível, super seguro, pessoas amigáveis e sempre dispostas a ajudar no que você precisar. É um dos países mais bonitos da Europa, o ponto negativo é que não é tão barato. Mas pra mim valeu cada centavo”, recomendou.

Todos os destinos?

Em nosso post, tivemos um comentário que gerou reflexão. Nossa leitora Mara Mdes lembrou que todos os destinos podem ser feitos por mulheres que viajam sozinha.  “Estive sozinha em países islâmicos e com os devidos cuidados, foi tudo bem! Eu pessoalmente não sou muito boa em entrar na natureza sozinha, então raramente faço trilha e nem nunca acampei sozinha. Mas conheço muitas mulheres que fazem trilha e acampam sozinhas sem problemas”, acrescentou.

Faça um comentário

Aviso

A reprodução total ou parcial do conteúdo publicado no M pelo Mundo, sem a autorização do site, é proibida pela Lei nº 9.610, de 19 de fevereiro de 1998.

About Nathalia Marques 60 Articles
Sou jornalista de formação e conto com passagens por diversos veículos de comunicação. No entanto, foi como repórter de turismo que encontrei minha paixão. Sou feminista e em 2015 decidi juntar jornalismo, viagem e empoderamento feminino para criar o M pelo Mundo.