Acampar no Valle del Elqui, no Chile, foi uma experiência e tanto!

Eu olhei para o céu e simplesmente não conseguia parar de observá-lo. Era uma noite de céu limpo e o que eu observava era uma infinidade de estrelas que brilhavam com uma intensidade que jamais tinha visto na vida. Foi com esse deslumbramento que passei a primeira noite no Valle del Elqui, localizado na região Norte do Chile.

Valle del Elqui fica localizado no meio de montanhas. A paisagem da região é deslumbrante. Montanhas rochosas, que provavelmente devem existir há séculos, são acompanhadas de algumas porções de plantas de um verde intenso, que sinceramente não sei como estão ali, pois a região é muita seca e o sol é extremamente forte.

Nessa região tive a oportunidade de acampar por quatro dias. Eu nunca tinha acampado na vida. Não estava preparada para essa experiência. Por sorte, fui com pessoas que já tinham tido a oportunidade de passar alguns dias em uma barraca. Por isso, foi bem tranquilo. Digo isso, porque levei apenas meu seco de dormir e minhas roupas.

Já a galera que estava comigo foi super preparada levaram lanterna, panelas, fogão elétrico e tudo o que era necessário para curtir o momento. Desta forma, consegui desfrutar de dias maravilhosos no Camping Rancho Rodriguez, no povoado de Pisco Elqui.
O Camping é um local com uma boa infraestrutura e tem banheiros com chuveiros de água quente, pias para lavar louças, segurança e nos custou por pessoa $ 8 mil pesos chilenos.

Um pouco caro, mas vale muita a pena, pois é um local super jovem e indicado para quem curte festas. De dia é possível aproveitar um Rio artificial e a noite rola uma grande fogueira que conta um DJ tocando as melhores músicas para dançar.

Outro benefício do Camping Rancho Rodriguez é que o local disponibiliza dois tours – um para conhecer o Rio Claro (clique aqui para ler) e outro para conhecer a produção de pisco (saiba como foi a experiência).

A soma de tudo isso para mim foi uma experiência única e inesquecível, pois consegui relaxar perto da natureza, admirar paisagens antes nunca vistas e ainda se divertir muito.

Foto: Victória Bravo

Faça um comentário
Sou jornalista de formação e conto com passagens por diversos veículos de imprensa. No entanto, foi como repórter de turismo que encontrei minha paixão. Sou feminista e em 2015 decidi juntar jornalismo, viagem e empoderamento feminino para criar o portal M pelo Mundo.

Leia também:

Aviso

A reprodução total ou parcial do conteúdo publicado no M pelo Mundo, sem a autorização do site, é proibida pela Lei nº 9.610, de 19 de fevereiro de 1998.