3Marias: o app que conectará mulheres para encontrar carona a pé

Imagem: Pexels

Não há sensação pior do que ter que caminhar sozinha em uma rua escura, não é mesmo? Nossos passos ligeiros traduzem o que sentimos – medo. Infelizmente, essa é a nossa realidade e enquanto o nosso país não oferecer segurança para que possamos andar tranquilas, o que podemos fazer é nos unir. Afinal, juntas somos mais fortes.

Foi com esse objetivo, de união feminina, que o 3Marias foi criado pelas estudantes Thaís Kuga e Thaís Fontoura. O aplicativo, que está em fase de desenvolvimento e quando for lançado será notícia no M pelo Mundo, conectará mulheres para que possam andar juntas a pé em determinado trajeto.

“A ideia das 3Marias surgiu dentro da nossa faculdade. A gente passou a estudar no período noturno e percebemos que o caminho que fazíamos durante o dia se tornava muito mais longo à noite. O medo de andar na rua, do assédio e de qualquer violência contra a mulher fazia com que andássemos muito acuadas. Percebemos também que muitas mulheres faziam esse caminho sozinhas e todas morriam de medo, mas nenhum interagia com a outra. Começamos a pensar como poderíamos fazer com que elas interagissem e andassem juntas, para que uma fosse companhia da outra. Foi assim que surgiu o aplicativo 3Marias”, explicam as estudantes.

O app funciona da seguinte maneira: por exemplo, você precisa ir a pé da sua faculdade para o ponto de ônibus e sente que o trajeto é inseguro, o que você precisará fazer é: acessar o aplicativo, informar a origem de onde está, seu destino e o horário.

O app vai listar as mulheres que podem fazer o mesmo trajeto, você abre um chat com uma, combina um ponto de encontro e aí é só vocês irem juntas e em segurança para o destino. Para tornar o aplicativo mais seguro, a usuária deve avaliar a mulher que foi a carona. Assim, outras garotas poderão saber em quem confiar e app será ainda mais confiável.

3Marias também poderá ajudar você em viagens pelo Brasil

Já pensou que máximo encontrar mulheres para fazer um trajeto a pé em outra cidade ou estado? Pois é, o aplicativo poderá te ajudar. A princípio ele funcionará apenas em São Paulo, mas a ideia é que ele funcione em todo o Brasil.

“Fizemos algumas pesquisas para entender melhor a questão da insegurança, quando as meninas estão andando na rua a pé, e identificamos que as situações que elas mais sentem medo é quando não conhecem o local. Acreditamos que isso [aplicativo] super se encaixa nessa situação de quando uma menina vai viajar para um lugar novo. O aplicativo entra com esse papel no qual ela poderá encontrar uma menina que possa ajudar nesse momento de aflição e também ajudar a mostrar pontos turísticos”, finalizam as estudantes.

Faça um comentário

Aviso

A reprodução total ou parcial do conteúdo publicado no M pelo Mundo, sem a autorização do site, é proibida pela Lei nº 9.610, de 19 de fevereiro de 1998.

About Nathalia Marques 60 Articles
Sou jornalista de formação e conto com passagens por diversos veículos de comunicação. No entanto, foi como repórter de turismo que encontrei minha paixão. Sou feminista e em 2015 decidi juntar jornalismo, viagem e empoderamento feminino para criar o M pelo Mundo.